Por que investir em marketing de conteúdo durante a crise?

January 26, 2016     / / /

Muitos empresários ainda pensam que a área de marketing de uma organização é custo e não investimento. Se você é um profissional do segmento, certamente já sabe disso. O grande problema é que, em tempos de crise, essas pessoas acabam cortando custos ou nem cogitam investir em estratégias de marketing durante o período. No entanto, se esses empresários soubessem dos benefícios do marketing de conteúdo, talvez mudassem de ideia. Se você é um profissional de marketing atualizado e que acredita no meio digital, ou se você é dono de uma empresa e está buscando soluções para enfrentar uma crise financeira, este texto é para você.

Primeiro, você precisa entender que há diversas práticas de marketing, mas iremos abordar o que fazemos e sobre o que entendemos melhor: o marketing de conteúdo. Também chamado de content marketing, o modelo vem conquistando seu espaço também no mercado brasileiro e apresenta-se como investimento e não mais despesa. De acordo com um estudo da HubSpot, 58% das empresas usam algum elemento de Inbound Marketing — do qual o marketing de conteúdo faz parte —, embora nem sempre a metodologia completa. Além disso, mais de 80% dos profissionais de marketing planejam aumentar os investimentos com content marketing em 2015, de acordo com o eMarketer.

Neste post, vamos mostrar alguns dos motivos pelos quais as empresas estão planejando investir mais em marketing de conteúdo, mesmo durante a crise.

Comprove e mensure o ROI

O ROI é o valor que mostra se o capital investido gera lucro ou prejuízo. É com esse valor que a alta gestão de uma empresa está preocupada. Um CEO não quer mais saber quantos seguidores a marca tem no twitter ou facebook, mas como isso está impactando nas vendas da empresa. Na estratégia de marketing de conteúdo, o ROI é perfeitamente calculável. É importante lembrar que a estratégia de content marketing normalmente gera um resultado a medio prazo, e por isso, nos primeiros meses, o ROI pode ser baixo ou até mesmo inexistente. A mensuração do ROI poderá responder algumas perguntas fundamentais para a continuidade da estratégia. O conteúdo trouxe novos clientes, fez a empresa economizar ou ajudou a retê-los?

No estudo da HubSpot que citamos acima, também é possível notar que quase 40% das empresas que tiveram como principal fonte de leads as práticas Inbound atingiram um ROI maior do que o do ano anterior. Comparado ao ROI de práticas de Outbound, o ROI chega a ser 60% maior.

Custa menos

Campanhas de marketing tradicionais costumam priorizar anúncios em meios de comunicação que cobram caro por isso. Televisão, revistas e jornais ainda são meios para divulgação de marca, mas não são tão rentáveis quanto estratégias direcionadas de marketing digital. O modo antigo de vender, perturbando pessoas e vendendo para todo mundo — que no fim é vender para ninguém — precisa ser deixado para trás.

No marketing de conteúdo, além de um investimento muito menor, toda a estratégia é baseada em fatores concretos. Além do mais, não há custos diretos para criar perfis nas mídias sociais e comprar um layout para um blog, por exemplo, sairá muito mais em conta do que anunciar na TV, sem contar que o conteúdo é um ativo duradouro para a empresa.

Permite a segmentação do conteúdo

Em campanhas outbound, não é possível segmentar o público que será atingido, mesmo quando o anúncio é feito em uma revista especializada em algum tema. No marketing de conteúdo, a empresa consegue chegar nas personas do seu negócio, atraí-las e conquistá-las. Há formas de fazer isso que implicam mais em tempo do que necessariamente investimentos financeiros.

Não é despesa, é um investimento

Uma campanha nos moldes tradicionais, com contrato por tempo, acaba. Se você quiser manter o anúncio no ar, precisará pagar. Já no marketing de conteúdo, após o investimento de tempo e um pouco de dinheiro, a tendência é o retorno aumentar cada dia mais. O que sua empresa produziu e publicou ficará no ar por tempo indeterminado. Caso o conteúdo seja valioso e relevante para o seu público-alvo, será sempre um ativo de atração para o seu site e um elo importante para a continuidade da estratégia.

Tudo é mensurável

É possível testar tudo e no momento em que as atividades de marketing de conteúdo gerarem resultados, como mais leads, oportunidades e vendas, é possível saber o que repetir. A mensuração dos resultados é um fator essencial para a melhoria constante. Se você pode medir algo, você também pode melhorá-lo. No Inbound Marketing, o gestor pode analisar cada etapa do processo — começando pelo tráfego e chegando na conversão de clientes — para identificar o que deu certo e o que não trouxe resultados satisfatórios.

Fonte: www.contentools.com.br/

  /